"EU ME TORNEI UMA ESPÉCIE
DE HERÓI REBELDE DA TURMA"

Entrevista ao programa Roda Viva/TV Cultura, 8.ago.1990
Paulo flertou com a morte, fugiu da loucura, namorou as drogas,
superou a tortura, sofreu e sorriu por amor, encontrou o sucesso
com a música ao lado de Raul Seixas, mas nunca abandonou
seu maior sonho: vencer como escritor.
PLAY TRAILER
DIA 14 DE AGOSTO NOS CINEMAS

"BASTA SER SINCERO E DESEJAR PROFUNDO,
VOCÊ SERÁ CAPAZ DE SACUDIR O MUNDO.
TENTE OUTRA VEZ"

"Tente Outra Vez", composição de Raul Seixas, Paulo Coelho e Marcelo Motta.

O HERÓI (LOUCO) DA TURMA

"Eu me tornei uma espécie de herói rebelde da turma —o único a ter estado em asilos psiquiátricos. Meus pais achavam que eu devia ter problemas mentais por querer fazer teatro e por não me dar bem na escola. Fui medicado de todas as maneiras, passei por sessões de choque elétrico." Em entrevista à revista VIP, ago.1998 "Fui tido como louco porque queria escrever. Hoje sou um escritor de sucesso. Acho fundamental passar essa mensagem para as pessoas." Em entrevista à revista Veja, 15.abr.1998 "Sempre fui péssimo aluno. Quando descobri o teatro, minha vida mudou. Meus pais acharam que eu tinha pirado e fui internado. (...) Levei vários choques. Ficava me contorcendo, estrebuchando. E, mesmo depois dos choques, ainda tinha convulsões." Em entrevista à revista Veja, 22.jul.1998

RAUL: O "MELHOR INIMIGO"

"A parceria com o Raul Seixas foi uma coisa muito importante na minha vida, foi ele quem me ensinou uma grande magia, que é a linguagem da comunicação. Eu era o típico intelectual, bem preso no meu mundinho, eu fazia teatro para ser vaiado, para ser o incompreendido. (...) Nós tivemos uma relação difícil, como é a relação entre pessoas que têm uma ligação afetiva, que está sujeita a altos e baixos. Foi uma relação cujo fruto foi o trabalho do qual tenho o maior orgulho até hoje." Em entrevista ao programa Roda Viva / TV Cultura, 17.jun.1990 Veja o link aqui "Sinto muita saudade do Raul. Ele foi o meu melhor inimigo, um cara que entrou e saiu de minha vida por acaso, mas a mudou completamente. Com ele aprendi a falar direto e, com isso, consegui tudo que hoje tenho na vida." Em entrevista à revista VIP, ago.1998

O OCULTISMO

"Não posso responder pelo Raul, mas, por mim, não houve nenhum pacto com o demônio. Na nossa geração, sempre houve um fascínio, contestar valores era básico. Quando eu comecei a me meter em magia, comecei a me fascinar pela esquerda da esquerda da esquerda, por aquilo que era transgressão total. Dentro da magia não existe essa ideia de pacto, existe uma aproximação lenta e gradual, até que você perde seu terreno e fica difícil de voltar. (...) A magia é uma ferramenta, não é uma seita, não é uma crença, não é uma religião. É o desenvolvimento de técnicas e de uma inspiração que você pode usar." Em entrevista ao programa Roda Viva/ TV Cultura, 8.ago.1994

AMORES CONTURBADOS

"Na adolescência, eu tinha grilos por ser feio. Eu não era forte nem tinha carro, os instrumentos necessários à época para seduzir as mulheres. Eu era o tipo que escrevia poesias. Depois das primeiras namoradas, percebi que talvez eu não fosse um cara de se jogar fora. Principalmente depois da segunda, a atriz Renata Sorrah, que todo mundo desejava. Minha primeira transa teve os grilos naturais da adolescência. Foi uma coisa nervosa, mas normal dentro das possibilidades." Em entrevista à revista VIP, ago.1998 "Eu acho que todo homem tem a dúvida: ‘Será que realmente sou homem?’ Eu tinha, porque fazia teatro e todo mundo dizia que isso era coisa de gay. Então, decidi: ‘Ah, é? Vou descobrir se sou gay’. Experimentei e não gostei. Fui uma segunda vez, continuei não gostando e decidi que não era. Concluí: eu sou apaixonado por mulher." Em entrevista à revista Cláudia, nov. 1999

AS CANÇÕES

"A letra de música que mais gostei de ter feito é a de ‘Gita’. Fiz em cinco minutos e todo mundo acabou curtindo (cantando)." Em entrevista à revista VIP, ago.1998 "Sobre a composição de Al Capone, eu disse para o Raul: ‘Vou escrever e você põe a música em cima’. Escrevi uma poesia, mas ele me ensinou que fazer poesia não era como fazer música. Ele disse que tinha que ser direto, sem ser superficial. Daí eu perguntei: "O que você quer, Raul, ei, Al Capone, vê se te emenda?". E ele falou assim: ‘É por aí...’." Depoimento ao filme "Raul Seixas - O início, o fim e o meio", de 2012

O ENCONTRO COM O MESTRE

"A história do encontro com meu Mestre me emociona muito. Foi no campo de concentração de Dachau, em Munique. Vi um monumento onde estava escrito ‘Nunca mais’ e comecei a pensar que o mundo não estava mais tranquilo, lembrei que havia tortura na Argentina e também no meu país. E eu experimentei aquilo na pele. A inscrição ‘Nunca mais’ me deu um desânimo pela vida, fiquei desesperado com minha impotência, senti como se eu fosse parte daquele campo, daquelas mortes. Então, meu Mestre apareceu. Foi uma visão mágica. Ele surgiu, disse que me encontraria em Amsterdam. Se o cara não tivesse aparecido dois meses depois, eu nem teria dado valor àquilo." Entrevista ao Programa Roda Viva / TV Cultura, 17.jun.1990Veja o link aqui

A RELAÇÃO COM CHRISTINA OITICICA

"A pessoa mais importante em minha vida é a minha mulher, Christina Oiticica. Tudo mudou na minha vida depois de conhecê-la." Entrevista à revista Contigo, 17.abr.2008 "Eu acredito em alma-gêmea, todos nós temos uma contraparte, e esse encontro acontece uma vez na vida. Cabe a você reconhecê-la ou não." Entrevista ao programa Roda Viva / TV Cultura, 17.jun.1990Veja o link aqui "Viver com uma mesma companheira durante tanto tempo é que nem viver em Beirute. Quando estive lá depois da Guerra, perguntei às pessoas: ‘Ué, estão reconstruindo no mesmo lugar?’. Então me disseram: ‘É sim. Beirute já foi construída e destruída sete vezes. Se precisar, a gente reconstrói setenta vezes. Mas sempre aqui’. Acho que um casamento vivo está sempre passando por processos de destruição e reconstrução." Entrevista à revista Cláudia, nov.1999

A EXPERIÊNCIA DO CAMINHO DE SANTIAGO

"Quando eu comecei a crescer dentro do processo mágico, a fazer as práticas, me senti como uma pessoa especial e cometi o equívoco de achar que eu tinha alcançado coisas que a maioria dos seres humanos não consegue alcançar. Em virtude do meu egocentrismo, meu Mestre me fez percorrer a pé um caminho medieval [O Caminho de Santiago de Compostela] para encontrar uma espada, em nome de uma tradição mágica, o que era um negócio que soava absurdo até para mim." Entrevista ao programa Roda Viva / TV Cultura, 17.jun.1990Veja o link aqui "O Caminho de Santiago te purifica. Ele te faz entender que a magia está no caminho das pessoas comuns. Quando terminei o caminho, senti uma frustração imensa. Eu olhei aquela catedral e disse: ‘E agora, o que eu vou fazer da minha vida?’" Entrevista ao programa Roda Viva / TV Cultura, 21.abr.2003Veja o link aqui

165 MILHÕES DE LIVROS VENDIDOS

Paulo Coelho é o escritor vivo mais traduzido do mundo. Seus livros podem ser encontrados em mais de 80 idiomas, vendidos em mais de 224 territórios, em 834 diferentes traduções. Seu maior sucesso, "O Alquimista", é um dos mais importantes fenômenos literários do século XX e o livro brasileiro mais vendido de todos os tempos. Até o momento, o escritor publicou 30 livros. Em dezembro de 2013, apareceu na lista da revista "Forbes" como a segunda personalidade mais influente do Brasil, atrás apenas de Pelé. A publicação levou em consideração critérios como fama, dinheiro e poder. Na internet, ele tem hoje 20 milhões de seguidores no Facebook e mais de 9 milhões no Twitter. Fonte: Sant Jordi Asociados Veja o link aqui e Folha de S. Paulo, 4.abr.2014Veja o link aqui

OS ENSINAMENTOS

"Você tem vários destinos. Um é a sua lenda pessoal ["O Alquimista"]. Você pode escolher viver a vida que teu pai te impôs, que tua mãe te impôs, que teu marido te impôs. Mas tem uma que é a tua vida. Todas vão desembocar no mesmo lugar, que é a morte. Mas só uma vai te dar prazer." Entrevista à revista Playboy, ago.2008 Quando você está em busca da sua lenda pessoal, o universo conspira para te ajudar a realizar. Em "O Alquimista" As pessoas sempre chegam na hora exata nos lugares onde estão sendo esperadas. Em "O Diário de um Mago" "O inesperado acontece – e nem sempre estamos preparados para ele. Quando tudo em nossa vida parece organizado, aí está o perigo." Em entrevista à revista Ana Maria, 25.mar.2005
  • O HERÓI (LOUCO) DA TURMA
  • RAUL: O "MELHOR INIMIGO"
  • O OCULTISMO
  • AMORES CONTURBADOS
  • AS CANÇÕES
  • O ENCONTRO COM O MESTRE
  • A RELAÇÃO COM CHRISTINA OITICICA
  • A EXPERIÊNCIA DO CAMINHO DE SANTIAGO
  • 165 MILHÕES DE LIVROS VENDIDOS
  • OS ENSINAMENTOS

"EU ME TORNEI UMA ESPÉCIE
DE HERÓI REBELDE DA TURMA"

Entrevista ao programa Roda Viva/TV Cultura, 8.ago.1990

Paulo flertou com a morte, fugiu da loucura, namorou as drogas,
superou a tortura, sofreu e sorriu por amor, encontrou o sucesso
com a música ao lado de Raul Seixas, mas nunca abandonou
seu maior sonho: vencer como escritor.
VIDEO 01
Julio Andrade e a Loba Maia
VIDEO 02
Ravel Andrade e Letícia Colin
VIDEO 03
Julio Andrade e Fabiana Gugli
VIDEO 04
Julio Andrade e Enrique Diaz
VIDEO 05
Julinho e Ravel
VIDEO 06
Julinho e Lucci
VIDEO 07
Caminho de Santiago
VIDEO 08
Julio Andrade e Paz Vega
DIA 14 DE AGOSTO NOS CINEMAS

"FAZ O QUE TU QUERES, POIS É TUDO DA LEI"

"Sociedade Alternativa", composição de Raul Seixas e Paulo Coelho.
Julio Andrade é Paulo Coelho
Ravel Andrade é Paulo Coelho Jovem
Fabiana Gugli
Lucci Ferreira
Enrique Diaz
Fabíula Nascimento
Letícia Colin
Luiz Carlos Miele
Com Nancho Novo E Paz Vega

"EU DEI MUITOS PASSOS NA MINHA VIDA E DAREI AINDA NESSA LUZ ESCURA, PORQUE NO FUNDO, CADA GESTO SEU, CADA ATITUDE SUA, É UM ATO DE
FÉ, VOCÊ NUNCA SABE QUAIS AS CONSEQÜÊNCIAS.”

Em entrevista à roteirista Carolina Kotscho, fevereiro.2010

"LOREM IPSUM. LOREM IUPSUM LOREM IPSKL1”

Em entrevista à roteirista Carolina Kotscho, fevereiro.20101

"LOREM IPSUM. LOREM IUPSUM LOREM IPSKL2”

Em entrevista à roteirista Carolina Kotscho, fevereiro.20102

ASSESSORIA DE IMPRENSA
FERNANDA THOMPSON ESTRATÉGIAS +55 11 3088-4252
Janaína Pedroso janaina.p@fernandathompson.com.br +551196840-0960
Fernanda Thompson fernanda@fernandathompson.com.br +55 11 99254-9559
Download
Press
Book